Subsídios Pré ENESS

Camaradas,

Dos dias 11 a 17 de Julho de 2015 na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro,  acontecerá o 37º Encontro Nacional de Estudantes de Serviço Social (ENESS), que de acordo com nosso estatuto (clique aqui) é a maior instância de deliberação do Movimento Estudantil de Serviço Social (MESS), tem por objetivo reunir anualmente estudantes de todo Brasil para debates em torno dos eixos: Conjuntura, Universidade e Educação, Combate as Opressões, Movimento Estudantil, Formação Profissional e Cultura. As discussões em torno desses eixos são importantes para encaminharmos nossa posição em relação aos debates e consequentemente construir o direcionamento político da Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social (ENESSO).

Neste sentido, todos os anos antes de embarcamos rumo ao ENESS, nós organizamos os pré encontros, que são espaços importantes de organização, articulação e mobilização das escolas para a construção do Movimento Estudantil de Serviço Social – MESS, que tem como entidade máxima de representação a ENESSO. Para isso, refletiremos alguns pontos importantes para a construção desse espaço na sua escola, a fim de preparar-nos politicamente para o encontro que está por vir, pois não estamos aqui para fazer turismo, né? Nos organizamos pois acreditamos na importância da organização das/os estudantes de Serviço Social e na articulação com as pautas conjunturais e pontuais da sociedade que vivenciamos, para que estejamos juntas/os na luta e na crítica à sociedade capitalista, principalmente no momento de retrocesso nos direitos humanos, de cortes na educação e ajustes fiscais que retiram direitos do trabalhadores, porque  “De ‘menos pior’ a ‘menos pior’ vamos do desastre à tragédia, e deixamos de alargar os horizontes do possível” (Sergio Lessa).

Por isso, como proposta de contribuir na articulação prévia ao ENESS iremos indicar alguns debates importantes para fortalecemos à qualidade, a dinâmica e a política do 37ª ENESS no Rio de Janeiro.

Inicialmente é importante nos organizarmos para garantir o transporte para nossa ida ao encontro, dessa forma precisamos com urgência enviar os pedidos de ônibus para os setores responsáveis das respectivas Faculdades/ Universidades. Caso a resposta seja negativa e nos casos que não tem possibilidade de fazer esse pedido, precisamos construir política de finanças para viabilizar o transporte. Atividades como: calourada, cultural, festa, sarau, rifa, livro de outro, pedir dinheiro no sinal, vender comida, vender materiais (camisa, caneca, boton, zine, chaveiro etc) são ações que podem contribuir para arrecadação de grana e partiu ENESS. Por fim, mas não é o queremos, caso não consigamos o ônibus, microonibus ou van podemos viabilizar a passagem de alguns compas da escola com tarefa de ir ao ENESS e depois fazer o repasse dos apontamentos e deliberações do encontro. Vale ressaltar que devemos construir política de finanças permanente para garantir as atividades das nossas entidades.

Dito isso, vamos para o pré ENESS.

É interessante no pré ENESS darmos o repasse: da programação do encontro; falar da importância de fazer as inscrições e caso as escolas tenham estudantes com dificuldades de pagar a inscrição seria importante fazer um esforço de comunicar a Comissão Organizadora (CO) previamente, para juntos pensarmos alternativas de garantir a participação dessas/es estudantes; deixar escuro como será as questões do alojamento e da alimentação e explanar brevemente a temática do encontro. Se houver alguma duvida em relação ao ENESS podemos entrar em contato previamente com a CO para garantirmos um repasse de qualidade.

O 37º ENESS será de suma importância no que tange a revisão do Caderno de Deliberação (CD) da ENESSO (clique aqui), que contém todos os resultados acumulados das discussões políticas e de formação profissional em Serviço Social realizadas em cada ENESS. O CD apresenta de forma organizada em seis eixos básicos as deliberações do Movimento em relação as suas estratégias, táticas e bandeiras de luta. Os eixos são: Conjuntura, que deve sempre ser a discussão inicial de todos os encontros, pois a partir deste eixo é que se possibilita o debate para os demais. O eixo de Universidade e Educação, o eixo Movimento Estudantil, o de Formação Profissional, o eixo de Cultura e o de Combate às Opressões. Para cada eixo o ENESS apresenta novas deliberações que orienta a intervenção das/os militantes do MESS, sobretudo as Coordenações Regionais (CR’s) e a Coordenação Nacional (CN) que cumprem o papel de direcionamento da ENESSO a partir das deliberações do ENESS.

Diante disso, temos a tarefa coletiva de toda militância do MESS, sobretudo as representações (CN, CR’s, Secretárixs de escola e discente em ABEPSS), de nesse ENESS revisar o CD, que passou pela última alteração no ENESS em 2012, na Paraíba. Considerando que no ENESS 2013, em Cuiabá foi ENESS estatutário (clique aqui) e no ENESS Floripa em 2014, só alteramos os eixos de Conjuntura, Universidade e Educação e Movimento Estudantil, sendo que o primeiro foi perdido (Em nota a CO explica o ocorrido, clique aqui), e lembrando que o próximo ENESS em 2016 será novamente estatutário, considerando assim a importância de garantirmos o CD que só será novamente revisado em 2017.

Para cumprirmos essa árdua tarefa, precisamos do empenho, responsabilidade e compromisso coletivo de nossa militância para construirmos a revisão do CD. Por isso, indicamos que nos pré ENESS façamos o debate da importância do CD para orientar a militância do MESS e como material que expressa as posições políticas da ENESSO. Em seguida, fazer a leitura de todos os eixos do CD e fazer um esforço para marcamos a partir do debate, as deliberações que propomos alteração, supressão e novas deliberações. Essa indicação não é numa perspectiva de suprimir os espaços de discussão no ENESS, mas sim para dar mais dinamicidade e qualificação no debate, visto que a leitura e a discussão prévia irão contribuir para um debate mais maduro e qualificado no ENESS, além de fortalecer a intervenção das escolas/CA’s/DA’s nos Grupos de Discussão (GD) e nas plenárias do encontro.

Outro importante debate é sobre o SINAES/ENADE, que é a avaliação do ensino superior, centrada na prova do ENADE que os cursos fazem a cada 3 anos.  Tratamos criticamente essa avaliação, pois sabemos que esse modelo promove o ranqueamento entre as faculdades e universidades impondo uma lógica de competição e acaba por culpabilizar o seguimento estudantil pela nota baixa no resultado final da avaliação que consequentemente gera corte de investimento ou até o fechamento de alguns cursos. Além de vincular como componente obrigatório do currículo a realizar do exame, colocando limites às intervenções da ENESSO e de todo Movimento Estudantil. Historicamente o Movimento Estudantil boicota a prova, mas no ultimo ano a ENESSO repensou sua tática nos ENESS e construiu um dia de mobilização nacional, porém avaliamos a importância de capilarizar o debate e a critica à esse sistema de avaliação junto a base, para fortalecer a ação junto a outras executivas e entidades. Portanto, precisamos construir uma alternativa coletiva de enfrentamento ao ENADE e o ENESS desse ano tem a proposta de travar essa discussão.

No ENESS na mesa de Universidade e Educação teremos um eixo para fazer exclusivamente essa discussão e posteriormente teremos a plenária de educação para pensarmos sobre o contexto do ensino superior com a atenção especial para o SINAES/ENADE. Nesse sentido, indicamos que as escolas façam esse debate previamente no pré-eness, indicamos também a leitura da cartilha da ENESSO de Mobilização Contra o ENADE/SINAES (clique aqui) para subsidiar a discussão.

Ainda informamos que as brigadas do 37º ENESS, conforme encaminhamento do 37º CONESS serão por região. Visto que, temos mais proximidade, militância cotidiana e vivência nos encontros regionais com nossxs camaradas das respectivas regiões. Então avaliamos que isso pode contribuir para garantir o chamado dxs estudantes para os espaços, bem como a disciplina nos horários que precisamos cumprir nos GD para posteriormente seguirmos à plenária e iniciar os encaminhamentos dos eixos do CD. Reafirmamos a importância da disciplina militância no cumprimento dos horários para conseguirmos garantir política do ENESS.

Atentamos também, que no primeiro dia do ENESS um espaço para o pré ENESS que será um espaço para as regiões debaterem sobre suas experiências de pré eness locais e aproximar-se ainda mais das atividades propostas para esse encontro nacional.

Por fim, fazemos o chamado à todas as representações da ENESSO (Secretárixs de escola, CR’s, CN e discente em ABEPSS) para contribuir na construção dos pré ENESS’s em todo país e fortalecermos cada fez mais a ENESSO.

 

Bons debates e esperamos todxs no ENESS tipicamente carioca!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s